Bate Papo Facebook Deixe seu Comentário

CLIQUE AQUI E ABRA O CHAT

domingo, 29 de março de 2020

Lição 1 - Carta aos Efésios - Saudação aos Destinatários

1 - Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, aos santos que estão em Éfeso e fiéis em Cristo Jesus:

2 - A vós graça e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e da do Senhor Jesus Cristo.

Atos 19
1 - E sucedeu que, enquanto Apoio estava em Corinto, Paulo, tendo passado por todas as regiões superiores, chegou a Éfeso e, achando ali alguns discípulos,
2 - disse-lhes: Recebestes vós já o Espirito Santo quando crestes? E eles disseram-lhe: Nós nem ainda ouvimos que haja Espírito Santo.
3 - Perguntou-lhes, então: Em que sois batizados, então? E eles disseram: No batismo de João.
4 - Mas Paulo disse: Certamente João batizou com o batismo do arrependimento, dizendo ao povo que cresse no que após ele havia de vir, isto é, em Jesus Cristo.
5 – E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus.
6 - E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas e profetizavam.
7 - Estes eram, ao todo, uns doze varões.

HINOS SUGERIDOS: 1, 250, 530 da Harpa Cristã

OBJETIVO GERAL
Mostrar o propósito divino na Epístola aos Efésios.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Abaixo, os objetivos específicos referem-se ao que o professor deve atingir em cada tópico. Por exemplo, o objetivo I refere-se ao tópico I com os seus respectivos subtópicos.

I - Apresentar a autoria e a data da Epístola;
II - Identificar para quem foi dirigida a Epístola aos Efésios;


III- Explicar o propósito da escrita e a mensagem contida na Epístola.
SUBSÍDIO BÍBLICO-TEOLÓGICO

"A CIDADE DE ÉFESO
Situada em uma baía interior (hoje em dia coberta de lodo), a cidade se ligava, através de um canal estreito do Rio Cyster, ao mar Egeu, a uma distância aproximada de 3 milhas (4.8 quilômetros). A cidade ostentava impressionantes monumentos cívicos, incluindo-se entre eles o proeminente templo de Artemis (Diana), uma das sete maravilhas do mundo antigo. As moedas da cidade orgulhosamente exibiam o 'slogan' Neokoros, isto é, 'guardiã do templo'. Paulo pregou a grandes multidões nessa cidade. Os artesãos se queixavam de que ele havia influenciado um grande número de pessoas em Éfeso e em praticamente toda a província da Ásia (At 19.26). Em um dos eventos mais dramáticos registrados no Novo Testamento, o apóstolo conseguiu desvencilhar-se de uma grande multidão no teatro. Essa estrutura, localizada na ladeira do monte Pion, no final do 'Caminho da Arcádia', podia acomodar 25.000 pessoas sentadas" (ARRINGTON, French L; STRONSTAD, Roger (Eds.). Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento. Vol.2. Rio de Janeiro: CPAD, 2017, p.387).

III - PROPÓSITO E MENSAGEM1. O propósito.
Aparentemente a Epístola não aborda nenhum problema específico como em outras de Paulo. Porém, nos capítulos iniciais da Carta percebemos algumas ênfases que sinalizam a solução de certas questões. Por exemplo, havia novos convertidos que vinham do mundo helénico e praticavam religiões de mistérios e magia, mas que agora se reuniam com os santos de Éfeso. Não por acaso, o apóstolo Paulo mostra àqueles crentes que Cristo está no controle do universo inteiro (1.20-22).

Também é possível perceber outro tipo de ênfase do apóstolo. 0 passado daqueles cristãos era marcado pela imoralidade e bebedeiras, mas uma vez salvos pela graça, eles deveriam adotar um novo estilo de vida em Cristo (2.1-10).

Destaca-se ainda uma preocupação com a unidade e a paz entre judeus e gentios cristãos, enfatizadas pelo plano universal da redenção para ambos (2.11-18).

Sob essas premissas, então, podemos considerar que uma das intenções do autor aos Efésios era a de atender as múltiplas necessidades da igreja numa perspectiva pastoral. Por isso a Carta é apontada por estudiosos como o tratado teológico sobre a Igreja, o Corpo de Cristo.

2. A mensagem.
A mensagem de Efésios gira entorno de duas temáticas: Jesus Cristo, a cabeça (1.22; 4.15; 5.23); a Igreja, o corpo (1.23; 4.12; 5.30). Assim, podemos classificar os desdobramentos desses assuntos nos seguintes eixos temáticos:
(1) A consumação do plano eterno de Deus na pessoa Jesus Cristo (1.3-5);
(2) a atuação do Espírito Santo como o penhor da experiência de salvação (1.13,14);
(3) a reconciliação dos povos por intermédio da cruz de Cristo (2.16); (4) a revelação do mistério da vontade de Deus por obra do Espírito Santo (3.5);
(5) um novo estilo de vida baseado na unidade, na comunhão com o Espírito, na frutificação, na adoração e na intercessão no Espírito (4.3,30; 5.9,18,19; 6.18); os novos relacionamentos conjugais e a luta contra o Diabo (5.21 - 6.20). Portanto, a Epístola contém uma combinação de doutrina, fé e prática da vida cristã, ou seja, de tudo o quanto Deus fez e do que se espera que a Igreja faça.

SÍNTESE DO TÓPICO III
A abordagem da carta gira em torno de duas temáticas: Jesus Cristo, a cabeça; a Igreja, seu corpo.

SUBSÍDIO TEOLÓGICO
Não deixe de mencionar a questão do Espírito Santo na Carta aos Efésios, por isso, leve em conta o seguinte fragmento textual:

”O Ministério do Espírito Santo em Efésios

Embora os temas mais importantes em Efésios sejam Cristo, a igreja e o plano eterno de Deus para redenção, é o Espírito Santo e o seu papel em relação ao crente e à Igreja, como presença poderosa de Deus, que faz de nós o povo de Deus e corpo de Cristo na terra. Em relação à proeminência do Espírito Santo em Efésios, Gordon Fee comenta (732): 'Existem raros aspectos da vida cristã em que o Espírito Santo não assume o papel principal, e são raros os aspectos sobre o papel do Espírito que não tenham sido mencionados nessa carta'.

Em 1.13, o Espírito Santo é chamado (lit.) de o Espírito Santo da promessa', cuja importante promessa divina é um sinal de que os últimos dias já chegaram (Jl 2.28-32; At 2.16-21). Jesus promete batizar seus discípulos com o (ou no) Espírito Santo (At 1.5), assim como João Batista havia pregado (Mc 1.8; Jo 1.33) e nesse contexto refere-se ao Espírito como aquEle que o Pai havia prometido (Lc 24-49; At 1.4). [...] Além disso, em Efésios, o Espírito Santo é descrito como a marca ou o selo da propriedade de Deus (1.13), a primeira parte da herança do crente através de Cristo (1.14), 'o Espírito de sabedoria e revelação' (1.17), aquEle que capacita o crente a ter intimidade com o Pai (2.18), aquEle pelo qual Deus habita na Igreja (2.22), o revelador do mistério de Cristo (3.4,5) e a pessoa que fortalece os crentes em seu íntimo (3.16)" (ARRINGTON, French L.; STRONSTAD, Roger (Eds.). Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento. Vol.2. Rio de Janeiro: CPAD, 2017, p.389).

CONCLUSÃO

A Epístola revela um elaborado resumo da salvação e suas implicações para a vida cristã. Seu conteúdo recorda o favor imerecido que recebemos gratuitamente da parte de Deus. Suas exortações nos impelem a viver em santidade e, alicerçados em Cristo - a cabeça da Igreja (1.22), a batalhar contra as forças das trevas.

PARA REFLETIR
A respeito de "Carta aos Efésios -Saudação aos Destinatários" responda:

• Como o apóstolo se identifica nas treze cartas de sua autoria?

Nas treze cartas de sua autoria o Apóstolo se identifica como Paulo, nunca como Saulo.

• Em que período a Epístola foi escrita?

A epístola foi escrita no período em que Paulo se encontrava preso em Roma.

• Qual era a maior fonte de renda da cidade de Éfeso?
Sua maior fonte de renda era o comércio de nichos de prata vendidos no templo, razão pela qual seus moradores ficaram alarmados com a pregação de Paulo contra a idolatria (At 19.27-29).

• Cite alguns líderes importantes que passaram pela igreja de Éfeso. Apoio, Priscila e Áquila, Timóteo, apóstolo João.

• O que podemos considerar em relação a algumas intenções do autor?
Podemos considerar que uma das intenções do autor aos Efésios era a de atender as múltiplas necessidades da igreja numa perspectiva pastoral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário